segunda-feira, 19 de junho de 2017

A lealdade é mais importante que a verdade? A resposta de Karl Klein

Karl Klein
(Traduzido de JW Info LineO que acontece quando a Sociedade Torre de Vigia comete um erro? Em 1984, Karl Klein, membro do Corpo Governante, abordou esta questão na página 22 da revista A Sentinela de 1 de outubro de 1984 (biografia traduzida para o português e publicada na revista Despertai! de 22 de setembro de 1987, páginas 16-22). Ele diz:

"Grassava a I Guerra Mundial, e, embora os irmãos mais destacados tivessem sido presos injustamente por causa da questão da guerra, os que estavam na liderança não avaliavam plenamente a necessidade da neutralidade cristã. Alguns que viam esta questão com clareza se ofenderam, e separaram-se dos Estudantes da Bíblia, chamando-se a si mesmos de Standfasters (Perseverantes). 

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Cristo não é nosso mediador segundo as Testemunhas de Jeová

Da próxima vez que uma Testemunha de Jeová bater à sua porta, pergunte a ela quem é nosso mediador.

A Testemunha muito provavelmente responderá que nosso mediador é Jesus Cristo. Ela pode acreditar piamente que Cristo é o mediador dela, embora, quanto ao você, ela talvez queira apenas ser educada ao dizer que Jesus também é seu mediador.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Sexo oral e anal – o conceito da Torre de Vigia conforme revelado em sua literatura

(Traduzido e adaptado de quotes-watchtower) Por todas as declarações citadas abaixo, a Torre de Vigia reconhece que não cabe a ela regulamentar o que um casal cristão pode e não pode fazer na cama, mas, apesar desse reconhecimento, ela se permitiu fazer exatamente o contrário. Uma Sentinela de 1975 declarou que práticas de sexo oral e anal no casamento daria motivo bíblico para o divórcio. Quantos casamentos foram desfeitos por essa razão, ninguém sabe. Em 1978, a Torre de Vigia voltou atrás nesta questão e nem mais considera que sexo anal e oral no casamento constitui base para desassociação; mas, em 1983, o carro de Jeová deu outra guinada e, desde então, quem quer que pratique sexo oral e anal, enquanto Testemunha, está sujeito a ser expulso da congregação, a menos que se arrependa e abandone tais práticas. Se isso não é regulamentar a vida intima alheia, o que seria?

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Homofobia no drama "Lembre-se da mulher de Ló"


(Traduzido de JW Survey) A religião das Testemunhas de Jeová é conhecida por aberta desaprovação à comunidade LGBT. Em nível doutrinário, ensina que qualquer homossexual praticante é pecaminoso e merece morrer, e que em breve Deus matará quaisquer dessas pessoas na tão próxima batalha do Armagedom.