domingo, 28 de janeiro de 2018

Vazam escandalosos vídeos da Torre de Vigia com regulamentos sobre sexo em Betel.

Um travesseiro: um convidativo sedutor aparentemente
levando muitos betelitas para o mau caminho
(Traduzidos de JW Survey) Dois vídeos oficiais das Testemunhas de Jeová, com orientações retrógrados, acabaram de vazar.

Destinados ao público nas diversas sedes da religião em todo o mundo, conhecidos dentro da religião como "beteis", os dois vídeos delineiam detalhadamente uma série de regras e regulamentos sobre vestuário, sexo e masturbação que todos os trabalhadores de Betel são obrigados a obedecer.

Um dos vídeos destina-se a homens e é narrado por Gary Breaux, que é líder do alto escalão das Testemunhas. O outro é destinado a mulheres e é apresentado por Ralph Walls, outro membro de alto escalão.


No momento, você pode ver trechos dos vídeos abaixo na refutação feita pelo fundador do JW Survey, Lloyd Evans, e presumo que os vídeos completos serão disponibilizados no futuro próximo. Vamos editar este artigo com mais informações para acesso assim que pudermos.



Esses vídeos são surpreendentes em três aspectos:

Em primeiro lugar, imagine quão estranhos e divertidos esses vídeos devem parecer pelo modo como a informação é fornecida pelos apresentadores. A abordagem é tão séria e explícita que, chega o momento, em algumas das imagens mais engraçadas que eu vi em meses, eles discutem os perigos relacionados aos betelitas que fazem sexo com travesseiros. (Não estou brincando quando falo em travesseiros. Confie em mim, vamos chegar a isso!)

Em segundo lugar, pela natureza absurda e inadequada de alguns dos regulamentos apresentados, regulamentos que são profundamente prejudiciais para a vida mental e sexual de uma pessoa, ou simplesmente tão fracos que fazem você rir.

Em terceiro lugar, pelo nível francamente aterrorizante do controle totalitário e farisaico, esses vídeos mostram o nível de cobrança da religião sobre seus seguidores e o quão feio isso deve parecer aos membros da comunidade LGBT.

Vou descrever abaixo algumas das exigências mais surpreendentes feitas e as regras estabelecidas por Breaux e Walls; isso o fará entender rapidamente o absurdo desses vídeos e a parte engraçada, que beira à histeria, mas também verá como eles ilustram o aterrorizante nível de controle totalitário que a Torre de Vigia exige de seus seguidores.

Na maior parte do artigo tratarei do vídeo destinado aos homens, visto que o vídeo destinado às mulheres aborda o mesmo assunto. No entanto, o vídeo destinado às mulheres é extremamente problemático por si próprio, então vamos também dar uma olhada nessas preocupações adicionais.

Veja aqui a integra dos vídeos em português: 


A ameaça dos homossexuais que "se misturam"

Um homossexual fotografado logo antes
de tentar "misturar-se"
Em seu vídeo, Breaux gasta muito tempo instruindo os homens Testemunhas a não usar roupas apertadas. Ele descreve a necessidade de:

... evitando roupas apertadas que podem identificá-lo com a homossexualidade. De que tipo de roupa estamos falando? Algumas roupas são projetadas para feminizar a aparência de um homem, como os homossexuais tentam fazer, especialmente exibindo as nádegas e órgãos genitais.

Isso não é nada de novo para a Torre de Vigia. Nos últimos anos, eles instruíram repetidamente seus seguidores masculinos a evitar "calças apertadas". Na verdade, um dos líderes da religião, Tony Morris, tornou-se conhecido por suas frequentes tiradas públicas contra os homens de calças apertadas, que ele considera como parte de uma conspiração tramada por homossexuais.

No entanto, essa fixação bastante estranha em calças apertadas torna-se especialmente incompreensível e insuportável ao vermos como Breaux continua a se concentrar no porquê de as calças apertadas serem tão subversivas e diabólicas:

torna mais difícil ver a diferença entre um homossexual e um homem heterossexual, tornando sem identificação os homossexuais.

Isso é completamente estranho.

Aparentemente, Gary Breaux e a liderança TJ pensam em pessoas gays como predadores, que planejam ações nefastas e que, portanto, precisam alterar a vestimenta dos heterossexuais inocentes para permitir que eles, os gays, se misturem entre nós, indetectáveis. Breaux parece estar preso no tempo, em algum show de comédia absurdo e de mau gosto dos anos 70, onde os homens gays saiam à rua vestidos como membros do Village People, com uma pequena caniche em uma coleira rosa e assim, visualmente, podiam ter sua sexualidade instantaneamente identificada.

Tenho notícias para você, Gary; os membros da comunidade LGBT já se misturam entre nós. São seres humanos que se misturam com todos os outros seres humanos enquanto caminham pela rua. Eles parecem pessoas normais porque são pessoas normais.

Isso piora a partir daqui. Mais adiante no vídeo, Breaux faz a seguinte afirmação absurda:

Às vezes você pode encontrar-se lutando com desejos por pessoas do mesmo sexo ou você pode perceber que outros estão com esse problema. Isso não significa que você ou eles são homossexuais, mas isso significa que você tem que manter a guarda.

Hmm. Bem, Gary, seja o que for que você precise dizer a si mesmo ao passar pelos banhos comunitários de Betel. Bem, preciso segurar minha curiosidade... No entanto, isso fica mais específico. Breaux diz mais adiante:

Considere uma situação. Um grupo de irmãos solteiros tem uma refeição em conjunto; depois de a maioria deixar o local, dois deles ficam para trás a beber álcool. Em um dado momento, um pergunta ao outro se ele alguma vez acordou com uma ereção. A conversa começa a tocar em questões sexuais. Estão a flertar?
A conversa pode suscitar desejos sexuais neles, mesmo que sejam do mesmo sexo. Isso poderia facilmente levar a comentários ou curiosidade sobre os corpos uns dos outros.
Não se engane pensando que isso nunca pode acontecer. Tenha em mente que o álcool tende a diminuir suas inibições e pode trazer pensamentos que você normalmente suprime ou ideias repulsivas pode parecer aceitável e até convidativas.
  
Então, em primeiro lugar, é só impressão minha ou isso parece específico demais para ser apenas um cenário puramente hipotético?

Em segundo lugar: Gary, esses caras são homossexuais. Você está tentando pintar essa imagem de efeito alcoólico com o objetivo de transformar heterossexuais puros e limpos em pecadores gays pervertidos porque você não consegue aceitar o fato de que algumas pessoas são apenas homossexuais e que ser gay é normal.




Gostaria de conhecer melhor as Testemunhas de Jeová?
Então você precisa ler meu livro
Testemunhas de Jeová – o que elas não lhe contam?

Opções de download aqui



Se esta é realmente uma referência a um evento real que aconteceu em Betel, como eu penso que é, sinto muito pelas duas Testemunhas envolvidas, cuja sexualidade foi tão reprimida e esmagada pela moral repressiva da Torre de Vigia; pode ter acontecido apenas uma vez, quando estavam completamente bêbados, mas depois, em razão do treinamento que lhes infligiu a Torre de Vigia, ficaram tão cheios de auto-aversão que se sentiram obrigados a procurar os anciãos das TJs para se confessar e ser julgados.

Na verdade, há muito mais desses cenários de "vestiários masculinos" na palestra de Breaux, e ele descreve todos eles com detalhes requintados, cada vez que enfatiza o perigo que passam machos heterossexuais, quando, por exemplo, deixam a toalha escorregar um pouco mais, ou quando viram as costas para um insuspeito homossexual.

Mais adiante no vídeo, Breaux recorre à visão intolerável da Torre de Vigia para com a comunidade LGBT, referindo-se à homossexualidade como uma "prática pervertida" e depois acrescenta (O negrito é meu).

Satanás está travando uma guerra para influenciar o pensamento das pessoas sobre o tema da homossexualidade. Jeová não mudou sua visão sobre o assunto. Alguns israelitas permitiram que as nações ao seu redor os contaminassem com desejos e práticas homossexuais. Se você for em Romanos 1, versículo 24, observará como Jeová reagiu para com aqueles israelitas.

A Torre de Vigia vê a homossexualidade como uma "contaminação", e Breaux aqui se refere a uma passagem que relata como Deus permitiu que a nação de Israel fosse destruída porque entretinha "impureza", revivendo o ensinamento da Torre de Vigia de que a homossexualidade é um pecado merecedor da morte.

Por fim, como se houvesse alguma dúvida na mente dos telespectadores, Breaux conta à sua audiência (o negrito é meu):

A homossexualidade é profana e repugnante para Jeová e ele não tolerará isso entre seus servos dedicados. Seu amor por Jeová o leva a ter a mesma visão?

A Torre de Vigia já investiu contra a comunidade LGBT, como no seu infeliz desenho para crianças, "Pedrinho e Sofia", que foi alvo de condenação generalizada, mas muitas vezes não usa a sua homofobia ofuscante tão abertamente.

Mas acabamos de começar. Breaux está prestes a mergulhar em uma seção de vídeo que o JW Survey classificou como ...


Os monólogos da masturbação

Sejamos claros em uma coisa antes de começarmos:

Em nenhuma parte, a Bíblia se refere à masturbação.

Mesmo nos livros de Levítico e Deuteronômio, onde outras questões de sexo são apresentadas em detalhes exaustivos, não há uma menção à prática. No entanto, a Torre de Vigia condenou por muitos anos a masturbação como uma prática obscena e este vídeo não é exceção.

Aqui, Breaux novamente condena a masturbação; para isso, usa uma justificativa bíblica demasiadamente vaga e frágil. No entanto, em uma ação que para mim é inédita por parte da Torre de Vigia, ele continua a recitar uma longa lista de cenários muito detalhados e depois, chama o público para um jogo: "Masturbação: Sim ou Não"!

Eu não estou inventando isso, eu juro!

Com um tom de voz extremamente doloroso e enfático, que torna o exercício todo divertido e incômodo, Breaux passa por cenário após o cenário. Por exemplo, ele pergunta:

Uma pessoa tem que usar suas mãos para se masturbar? Por exemplo, um irmão usa uma roupa íntima que é tão apertada que esfrega seu pênis enquanto ele caminha. Ele fica excitado e até ejacula. Ele está se masturbando?

O que se pode supor? Bem, a resposta é...

Sim, ele está; pois deliberadamente está estimulando seus órgãos genitais, mesmo que ele não esteja usando as mãos.

Ou sobre este.

Será que tem que haver um orgasmo para que ele seja considerado masturbação? Suponha que um irmão comece a esfregar seus órgãos genitais contra um travesseiro. Ele obtém uma ereção, mas para antes de ter um orgasmo. Ele está se masturbando?

Novamente, é impressão minha ou esses cenários são estranhamente específicos? Muitos dos betelitas estão fazendo sexo com seus travesseiros? E como essa epidemia de travesseiros chegou aos ouvidos do Corpo Governante? Eles verificam a roupa de cama com uma luz negra ou algo assim? Ou há uma longa fila de betelitas desolados e culpados que se arrastam para os escritórios do Corpo Governante, conduzidos pela consciência para ali confessar, agarrando junto ao peito ardente um travesseiro um tanto úmido?

De qualquer forma, a resposta é aparentemente:

Sim, novamente, porque ele está deliberadamente se estimulando, quer tenha um orgasmo ou não.

Então é claro. Almofadas estão fora de questão. Vamos ver outro.

Que dizer a respeito de se ter uma emissão de sêmen à noite, talvez depois de um sonho erótico. É isso masturbação?

Responda em poucas palavras... e o vencedor é ...

Não, Jeová fez isso para ser parte do sistema reprodutivo de um homem e acontece sem qualquer estimulação deliberada.

Ufa! Foi por pouco, pessoal!...

Não, contenha-se, porque Breaux continua dizendo o seguinte:

mas mesmo assim, quando isso acontece com você, seria bom examinar se você estava pensando em sexo antes de ir dormir. Você poderia estar dormindo em uma posição que o estimulou, como com um cobertor ou travesseiro segurado firmemente entre suas pernas? Se você for honesto consigo mesmo sobre esses assuntos, isso irá ajudá-lo a evitar cair em práticas impuras.

Sim. Você leu isso corretamente.

Agora é possível dormir em uma posição impura!

Agora você não consegue decidir por si mesmo como você dorme!

Traga cá o manual. Dormir... Regras!

Aham. Ok, agora estou calmo.

Breaux, em seguida, prossegue a advertir que um cristão não pode ser puro enquanto estiver "sob a influência da masturbação" – uma frase que, pelo que acho, nunca ouvi ou usei em qualquer lugar e em qualquer contexto, mas é de alguma forma hilária, especialmente quando apresentada de forma expressiva e séria.

Esses cenários continuam à medida que saímos do domínio da masturbação e passamos para o reino da porneia.


É preciso dois para resultar em desassociação: O Tango

De acordo com a Torre de Vigia, isso é mais pecaminoso
do que duas pessoas nuas se masturbando
Para a Torre de Vigia, há muito tempo que sexo fora do casamento é fornicação, ou porneia, como eles denominam nesta palestra. As Testemunhas de Jeová que cometem porneia, caso não sejam consideradas seriamente arrependidas, serão expulsas da religião e completamente evitadas, e a doutrina sustenta que os fornicadores serão todos mortos por Deus, muito em breve, quando vier o Armagedom. Neste vídeo, Breaux define porneia como:

Relações sexuais envolvendo pessoas não casadas. Ela inclui atos como o sexo anal oral e masturbar outra pessoa. Sempre envolve manipulação deliberada dos genitais e pelo menos uma outra pessoa ou animal.

Agora, deixemos de lado o fato de que, segundo outros estudiosos, esta não é necessariamente a definição da palavra grega porneia (a palavra grega original realmente apenas significava prostituição - veja aqui para mais detalhes) e veja o que Breaux tem a dizer sobre a "manipulação dos órgãos genitais".

Tomemos um dos cenários discutidos aqui.

A manipulação dos órgãos genitais sempre envolve o uso das mãos? Não necessariamente; por exemplo, suponha que um irmão pague uma stripper para realizar uma lap dance que dura vários minutos; ela, vestida, move seus genitais nas pernas dele, que também está completamente vestido. Ele fica excitado, mas não ejacula.

(Bem, eu não sei o que você pensa, mas isso foi bastante gráfico e estou um pouco desconfiado; acho que Breaux estava indo para ...)

Isso é porneia? Os genitais dele não estão sendo manipulados e não está tocando os órgãos genitais da mulher com as mãos; no entanto, ele está cometendo pornea, pois permite que ela use as pernas dele para estimular os genitais dela.

Então, presumivelmente, enquanto as strippers não fazem contato, está tudo bem? Fico feliz em saber que a Torre de Vigia pensou sobre quanto tempo é necessário uma stripper trabalhar com o cliente até que Deus fique irado. Talvez seja por isso que Tony Morris parece tão bravo e incomodado hoje em dia ...

No entanto, isso levanta uma outra questão, especificamente sobre a pele.

Pode haver porneia sem contato pele a pele? Digamos que um irmão se deita em cima de sua namorada enquanto ambos estão vestidos e eles simulam ter relações sexuais. Eles estão cometendo porneia?

O que você acha disso? Jeová está feliz ou triste?

Eles estão vestidos, mas os genitais de ambos estão sendo manipulados para que eles cometam porneia, quer um clímax seja alcançado ou não.

Uaau! Jeová está triste, e eles nem chegaram ao clímax. Pobre de nós! E, incidentalmente, Breaux continua; ele afirma que isso também torna proibitivo qualquer dança onde os órgãos genitais possam se "tocar", ou entrar em contato, através da roupa.

Então, nada de dança em que os corpos fiquem colados.

Vamos a outro caso?

Que dizer da seguinte situação? Dois irmãos se masturbam na frente um do outro, mas sem se tocar. É porneia?

O que você acha? Certamente que é porneia. Quero dizer, se dançar por um instante, mesmo que de roupa, pode ser porneia, a masturbação gay, nua, deve ser muito pior aos olhos da Torre de Vigia ...

A resposta é não, uma vez que não está tocando a outra pessoa. No entanto, é um desrespeito flagrante para com as leis de Jeová e um pecado sério que deve ser cuidado pelos anciãos.

Espere um momento.

Deixe-me ver se entendi.

Um par dança juntinhos, ambos vestidos, e o momento de esfregação, mesmo que sem clímax, é porneia e um pecado pelo qual eles podem ser destruídos, mas dois caras ficam nus, se masturbam na frente um do outro até que ambos ejaculam e isso é menos grave e não é porneia?

Ah, eu não consigo entender...

Um casal totalmente vestido, dançando, púbis com bunda, um pouco de atrito, nenhum clímax, é porneia.

Um casal nu, em masturbação frenética, até o clímax ... bem, você está com problemas, mas não é porneia. Mas não se deixe levar pela dança sexy, ainda que completamente vestido, porque isso é coisa REALMENTE séria.

Espero ter deixado claro agora que esses vídeos estão alcançando níveis de insanidade farisaica, que são absurdos mesmo para os padrões da Torre de Vigia. Eu mesmo tive que deixar de fora uma série de regras e cenários loucos apresentados por Breaux, porque quero chegar a algo que é ainda mais perturbador a respeito do assunto.

O outro vídeo.

O dirigido às mulheres.


Sexualidade feminina e uma assessoria masculina

Boas notícias, senhoras: estes sete velhos conhecem mais
sobre sua sexualidade do que você
De certa forma, o vídeo dirigido às mulheres é uma cópia da que se destina aos homens. É dado pelo funcionário oficial das Tjs e ajudante do Corpo Governante, Ralph Walls, e ele aborda muitos dos mesmos tópicos cobertos por Breaux. Mas há diferenças, algumas das quais são muito reveladoras.

No vídeo para "irmãs", há uma ênfase muito mais pesada na vestimenta e no cuidado com a aparência em geral. As mulheres são proibidas de usar saias curtas ou vestidos que vão acima do joelho, blusas com decotes, ou qualquer coisa que seja considerada "apertada" ou "reveladora".

Walls repetidamente faz declarações que equivalem à mesma coisa; que as mulheres são basicamente objetos de tentação para os homens e, portanto, têm a obrigação de se cobrirem. Ele até cita uma Sentinela muito antiga, de 1 de agosto de 1969, que afirma algo como (o negrutio é meu):

As mulheres cristãs são obrigadas a não se vestir de forma provocadora.

Embora Walls, em um dado momento, faça uma declaração simbólica sobre como as mulheres não podem ser responsabilizadas pelo que os homens pensam, ele faz muitas outras afirmações que implicam exatamente o oposto. Ele fala repetidamente de como uma aparência "sexy" é inaceitável e injusta para os irmãos, pobres e inocentes, que as observam; ele até cita uma Testemunha masculina, que fala sobre mulheres vestidas em desacordo com as regras da Torre de Vigia:

"Pessoalmente, acho difícil ter apenas pensamentos puros sobre mulheres mais jovens, quando vejo a maneira como elas se vestem".

Então, mulheres; é culpa sua a maneira como os velhos de Betel olham para você. Você não pode esperar que eles assumam a responsabilidade por seus próprios pensamentos ao ver uma garota bonita em um vestido de verão. Você deve, portanto, rever seu guarda-roupa e aparência, pois um velho tem receio de ser desencaminhado quando olha para você.

Isso não só manifesta um desejo insalubre de controlar a aparência de uma mulher, obrigando-a a se conformar a uma rígida "cultura de modéstia", mas também manifesta uma mentalidade de culpa particularmente louca que a Torre de Vigia mostrou em mais de uma ocasião. Eles até mesmo alegaram que as crianças precisam "se vestir modestamente" para evitar abusos sexuais!

No entanto, em contraste, a masturbação é apenas brevemente discutida, Walls referindo-se a ela como "auto-abuso". Isso é demasiadamente estranho; na realidade, as mulheres são tão sexuais quanto os homens e desfrutam (e se beneficiam) da masturbação, tanto quanto os machos o fazem. Na verdade, para algumas mulheres, a masturbação com um brinquedo sexual pode ser a única maneira de conseguir um orgasmo. Assim, você esperaria que a Torre de Vigia estendesse a paranóia e fizesse longas palestras sobre a prática para mulheres, assim como o fizeram para homens. No entanto, esses tópicos recebem apenas uma breve atenção.

Da mesma forma, há apenas uma menção passageira a questões de sexo entre mulheres. Contraste isso com a longa discussão envolvendo o problema de sexo entre homens, conforme abordado por Breaux. Isso sugere que a Torre de Vigia, ou não pensa que as relações sexuais entre mulheres são a mesma coisa, ou que não vale a pena falar muito porque não afetam os homens tanto quanto os relacionamentos homossexuais.

Em última análise, isso demonstra algo muito óbvio sobre a visão ae Torre de Vigia sobre a sexualidade. Tudo é visto através da lente dos homens, e a sexualidade feminina só é discutida ou focada na medida em que afeta os homens. Até o fato de que esse vídeo sobre sexualidade feminina está sendo apresentado a uma audiência de mulheres por um homem é uma óbvia prova disso.

O que não é uma surpresa, uma vez que você conhece a estrita hierarquia do sexo masculino para a Torre de Vigia. A palavra "patriarcado" está jogada para um canto hoje em dia, mas a Torre de Vigia é uma organização onde o verdadeiro e genuíno patriarcado está plenamente vivo e em ação.


Uma mulher solitária em uma sala cheia de homens

A consciência de uma jovem mulher ordenou que ela
confesse seus pecados à Torre de Vigia
Tudo isso nos leva a um dos momentos mais horríveis de todos os vídeos. Depois de sua palestra às mulheres, instruindo-as sobre como elas devem sujeitar sua sexualidade aos decretos dos oito idosos que dirigem a religião (o Corpo Governante), Walls diz isto:

O que você deve fazer se perceber que precisa de alguma ajuda? Por favor, recorra às irmãs mais velhas ou aos anciãos. De acordo com Tiago 5: 14-15, esses homens são o arranjo de Jeová para nos erguer.

Aqui é onde a rígida natureza patriarcal das regulamentações sexuais da Torre de Vigia torna-se ainda mais preocupante; as mulheres jovens e idosas, caso violem as regras e regulamentos estabelecidos, são obrigadas, pela Torre de Vigia, a se aproximar de um homem do sexo masculino e confessar a ele, com detalhes, para que os anciãos possam “aconselhá-las”. Isso quase sempre será feito em um ambiente fechado com pelo menos dois anciãos.

Então, uma mulher terá que divulgar informações sexuais detalhadas sobre si mesma para dois homens. Fica claro, desde o início, quão invasivo e inapropriado isso é; de fato, existem muitos relatos de mulheres ex-Tjs de como, às vezes, os anciãos com quem falavam pareciam estar gostando do que lhes diziam, pressionando-as por mais e mais detalhes do "pecado", assim, de forma lúgrube. Como uma questão relacionada, você pode analisar as conclusões da Comissão Real Australiana em Respostas Institucionais ao Abuso Sexual Infantil, onde ficou demostrado que a prática TJ, de que apenas anciãos do sexo masculino interrogavam um sobrevivente de abuso sexual do sexo feminino, era profundamente inaceitável.

Agora vamos ser muito claros sobre algumas coisas. Enquanto Walls diz que uma mulher tem a opção de recorrer a uma "irmã madura", isso não significa que o "pecado" possa ser resolvido sem o envolvimento masculino. Se uma mulher na religião TJ confia em uma "irmã madura", em relação aos hábitos sexuais, então essa "irmã madura" é obrigada a informar aos anciãos do sexo masculino se houver algum "pecado" no que lhe foi dito. E aqueles anciãos são então obrigados a caçar essa mulher e lhe exigirão toda e qualquer informação sexual privada que considerem relevante para o "caso" contra ela.

Em suma, não existe nenhuma maneira para uma mulher TJ cumprir as instruções que Walls dá sem ter que discutir íntimos detalhes pessoais com anciãos do sexo masculino. Além disso, esta mulher terá sido doutrinada a acreditar que, se ela não falar com os anciãos, será destruída por Jeová Deus.





Torre de Vigia exposta

Surpreendentemente, ainda há mais no vídeo que as absurdas restrições de tempo me impedem de cobrir adequadamente aqui. Por exemplo, ambos os vídeos atacam a vergonhosa prática de "flertar" e elabora um conjunto de regras e regulamentos para governar as interações entre os sexos.

De acordo com esses vídeos, apenas elogiar o corte de cabelo de alguém significa que ele têm o direito de concluir que você pretende cortejá-lo. Sim. É sério. Essas regras são tão absurdas, com tantos “não pode” e “sinais pecaminosos”, que a tarefa já difícil e árdua de TJs, homens e mulheres, interagir uns com os outros, assemelha-se a um campo minado.

Mas, em geral, esses vídeos demonstram as seguintes coisas.

=> A visão de mundo, repressiva e negativa, da Torre de Vigia a respeito de sexo, onde o sexo é uma coisa mortal, envolvida na culpa e no sigilo, e que os homens buscam agressivamente e que as mulheres devem recolher-se, ao invés de uma visão positiva do sexo, onde o sexo é algo incrível, para ser desfrutado por adultos de todas orientações sexuais e onde as mulheres são tão capazes de querer e curtir o sexo quanto os homens.

=> A formulação de loucas regras farisaicas, que está crescendo cada vez mais dentro da religião, que agora se estende até o ponto de incluir posições de sono aceitáveis ​​e vê alguns tipos de dança como mais pecaminosas do que a masturbação mútua entre pessoas nuas.

=> O horrível sistema patriarcal em que as mulheres e alguns membros da comunidade LGBT estão presos, um sistema que considera sua sexualidade apenas relevante na medida em que afeta os homens, ou a considera repulsiva e uma contaminação digna da morte.

=> O fato de esse vídeo ter sido feito é indicação de que algumas coisas realmente interessantes estão acontecendo em Betel. Sério, esses cenários intermináveis ​​são  específicos demais para serem totalmente inventados. Acho que acabamos de receber uma lista de alguns dos melhores escândalos sexuais de Betel!

E por fim…

=> Estes vídeos são divertidos.

As transcrições são indecentes o suficiente para ler, mas uma vez que você vê as imagens reais, ela se torna sublime. Observando Breaux e Walls lutando com esse roteiro desajeitado e mal escrito, com imagens gráficas e regulamentos sexuais ultra-específicas e absurdas, todos eles apresentados em um tom de voz grave, sincero e, tipo, "sou mais santo do que você”, faz disso um dos vídeos mais estranhos, divertidos e mais fascinantes que a Torre de Vigia já criou.

Estou fazendo um brinde a todos os que estavam envolvidos na produção desses dois vídeos.

Obrigado por nos mostrar o coração da Torre de Vigia, louco, controlador e intolerante, e por nos fazer dar tantas risadas por fazerem isso!


(Esta postagem foi traduzida com a ajuda do Google Tradutor)


Gostaria de conhecer melhor as Testemunhas de Jeová?
Então você precisa ler meu livro
Testemunhas de Jeová – o que elas não lhe contam?

Opções de download aqui


2 comentários:

  1. Boa noite Lourisvaldo.
    É tantos absurdos que ficamos perplexo. O triste é muitas vidas estão sendo limitados e destruídas, porque Deus é amor, e onde existe amor não existe nenhum tipo de preconceitos. Os homossexuais, são seres humanos e merecem respeito. Como você está ? Esta feliz ? Espero que não deixe de crer em Deus e nem busca-lo. Deus está bem pertinho de todos nós, só precisamos nós achegar. E não precisamos nós aprisionar em nenhum religião ou seita. Uma linda semana. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. São realmente os fariseus modernos, os sepulcros caiados, descendentes de víboras, mas a batata deles está assando e seu Castelo de cartas está caindo. Velhos intrometidos e imundos! Aposto que tal e qual os anciãos ao obrigarem mulheres a lhes contar sobre sua sexualidade, eles ao fazer estes vídeos devem ter ficado da mesma forma...exitados... e não me surpreenderia se logo após eles mesmos não tivessem se masturbado kkkkk abraços!

    ResponderExcluir